Grande iniciativa de Flávia Carvalho. Aqui deixamos o nosso obrigado pelo seu trabalho neste projecto com estas tatuagens: “A Pele da Flor”.
Hoje abordamos um tema que nunca deveria existir: a violência doméstica!
Infelizmente, a violência contra as mulheres ainda é uma realidade em pleno século XXI.
Este acto tão bárbaro que não parece minimamente estar perto de chegar ao fim que antigamente ficava fechado dentro de 4 paredes, hoje salta para as escolas e ruas. Logo, na adolescência começam as primeiras agressões contra as namoradas e prolonga-se por muito tempo.
A violência, geralmente, começa com palavras altamente ofensivas, insultos, difamação e muitas vezes as vítimas chegam a ser expostas à vergonha.
A agressão física, infelizmente, é muitas vezes abafada pelas mulheres que acreditam que o homem bateu, porque teve um desvario qualquer e perdoam, porque o amam. Os maus-tratos vão surgindo uma e outra vez e a vitima vai achando sempre que passa e os espancamentos, as nódoas negras, as idas ao hospital de forma recorrente são sinais que não estamos perante um simples acto único e isolado. O ciúme não justifica a violência e o sentimento de posse muito menos. Não existe desculpa para tal barbaridade. Nos casos de gravidade extrema, alguns homens chegam mesmo ao ponto de matar a mulher e os filhos.
As cicatrizes físicas e as marcas emocionais ficam para a vida. De forma a atenuar o sofrimento e a vergonha que sentem, nasceu o projecto “A Pele da Flor” da autoria de Flávia Carvalho.
Flávia Carvalho tatuadora de profissão criou este projecto para cobrir as cicatrizes que estas mulheres carregam para a vida toda não só de violência doméstica, mas também as que realizaram uma mastectomia (cirurgia de remoção completa da mama). Esta iniciativa tem como objectivo devolver o gosto a estas guerreiras em olhar para o espelho e verem o corpo sem pensar nas mazelas de relacionamentos tristes e dolorosos.

De referir que, felizmente, nem todos os homens praticam este cruel acto contra as mulheres, mas que os que o praticam envergonham todos aqueles que respeitam as suas companheiras, namoras ou esposas.

Também vais gostar destes:
Ele faz de conta que pratica violência doméstica com a esposa. Vê a reação do cão!
Concorrente confessa crime de violência doméstica e Quintino Aires é duro nas criticas!

E nunca se deve esconder um caso destes devendo sempre quem é vitima prestar queixa às autoridades policiais!!

Tatuagens
Tatuagens

1 2 4 5 6

FONTECorreio braziliense


 
Partilha