Todo o abraço tem a calmaria da camomila e o sorriso de um Girassol. Não desconfies. Deixas que os peitos se encostem. Abraços neutralizam a dor que aponta rumo ao sul. O encontro dos corações é a mais linda das simbiose. “Só não vale economizar amor para se proteger.”

Também vais gostar destes:
Amor simplesmente acontece!
A gentileza é o sorriso do coração!

Ddesajeitado e brusco, de quem quer mãe e pai, porque um dia faltou toque. Espeta por fora e carece por dentro. Agarra o amor e não quer soltar, não pode soltar, carência hiperbólica. Nunca julguem alguém carente. Nem todos tiveram a cor vermelha do lápis de cor.
Abraço de fim de jogo. Aquele mal entendido daquela jogada em que uma inocente canela levou a pior. Inimigos. Um jura o outro de morte, mas o árbitro apita para encerrar. E pronto,  “foi treta do jogo”, valeu, ficou 0-0.
Abraço de quem não tinha uma palavra melhor. De quem não sabe o que dizer, e então abraça, dizendo muito de tudo aquilo que cala. Há quem não tem palavras para dar e então abraça. Aceita quem não tem palavras, mas tem abraça. Aceita quem não tem palavras, mas tem um like.
Abraço de despedida. A gente sente o adeus, sem que algum profeta nos entregue. O coração avisa num disparo incontrolável. A gente apenas sabe, sem ninguém dizer. Não existe adeus, existem últimos abraços . Por isso, demora para abraçar, garanto que não dói.

Abraço de aeroporto. Um aperto. Morte em avião é manchete de jornal, então anda cá antes de virares peças de um quebra cabeça de carbono. Por via das dúvidas, dá-me um adeus preventivo, no caso de despareceres pelo mar e eu não te encontrar pelo azul estilhaçado.
Há quem minta a olhar nos olhos, mas abraços nunca mentem. A gente percebe a temperatura , a gente sente tudo o que traz dentro. Até a mentira diz a verdade. Abraços são melhor do que lavar roupa suja. Ao invés de remoer o passado com listas e evidências, o abraço às vezes é o melhor “de agora em diante”.
A evidência está sempre por trás de abraços. Quem dera pudéssemos ver a expressão facial de alguém que nos abraça. Ali mora o depois do olhar. Lindo é quem abraça de olhos fechados. Mas por trás de alguns abraços existem os piores olhares. Repara no rosto de quem abraça, é cinema puro, não há esconderijo.
Abraço é sumo natural. Dizer amo-te ás vezes é sumo Tang sem mexer. Amor não é o que se diz, é o que se faz. Acredita no meu abraço, não no que prometo.
Quando tudo parece nada, quando o cometa nos parte em pedaços não coláveis, tudo o que precisamos é de uma piscina de bolinhas ou de um abraço que nos salve do fim do mundo.

TEXTOEduardo Benesi
FONTEEntenda os homens