A polícia belga informou recentemente que as reações que o Facebook disponibilizou há alguns meses atrás têm  também para obter dados dos usuários que utilizam a rede social.
Ao limitar o número de botões de reacções a seis, o Facebook está a contar que expresse os seus pensamentos mais facilmente para que os algoritmos que correm no programa sejam mais eficazes”, refere comunicado.
A titulo de exemplo, supões que reages com o botão de “tristeza”. Provavelmente irás deparar-te muitas mais vezes com histórias semelhantes quando estiveres a navegar pelo teu feed já que tiveste um envolvimento com aquele post.

O mesmo acontece quando reages com “humor” ou “raiva”. Quando assim é irás deparar-te com muitas outras histórias que vão ao encontra da tua reação tida.

Também vais gostar destes:
O melhor sinal de um relacionamento forte é não haver sinal dele no Facebook
A carta de despedida de uma mãe que fez 100.000 pessoas chorarem e rirem no Facebook.

Se calhar o mais importante é começares a ponderar se deves, ou não, continuar a reagir aos post. Afinal de contas, para estes tubarões da internet, tudo isto está sob controlo ao pormenor, nós é que andamos aqui muitas vezes a “patinar na maionese”.