Entrou em fase de ensaios uma vacina que ataca o tumor e as metástases de uma só vez. Cerca de 90 ratos com diferentes tipo de cancro, 87 ficaram curados depois de receberem a vacina.

Os pesquisadores da escola de medicina de Stanford, universidade norte-americana onde o estudo está a ser feito, acreditam que aplicar pequenas doses de agentes imunológicos no corpo humano pode vir a ser uma alternativa económica no tratamento contra o cancro, além da baixa probabilidade de efeitos secundários.

O objetivo da vacina é reativar as células T – que são responsáveis pela defesa do organismo e ajudam a combater agentes desconhecidos como vírus, bactérias e as próprias células cancerígenas – com dois agentes que estimulam o sistema imunológico.

De acordo com os cientistas, o tratamento pode funcionar para diferentes tipos de cancro. “Não acho que exista um limite para o tipo de tumor que podemos tratar”, acredita Levy.

Também vais gostar destes:
Vacina contra cocaína criada também promete eliminar vício em crack.
Mais de 4 mil pessoas já foram curadas do cancro com esta vacina produzida em Cuba.

Para a fase de ensaio clínico em humanos, a equipa pretende recrutar 15 pacientes com linfoma de baixo grau. Se a experiência for bem sucedida, Ronald Levy espera que, no futuro, a vacina possa ser aplicada em tumores antes da remoção cirúrgica do cancro como forma de prevenir as metástases, quando as células cancerígenas vão para outra áreas do corpo através da corrente sanguínea ou dos vasos linfáticos, ou mesmo evitar tumores futuros.

FONTEVisão

Partilha
Loading...