Emigrado na Suíça, Paulo Barros não hesitou e não ficou e ofereceu 100 mil euros às vítimas de Pedrógão Grande que ficaram sem nada.

O homem organizou um jantar solidário e juntou o dinheiro de todos os que contribuíram conseguindo assim angariar cerca 21 mil euros.

Para que o dinheiro não caísse em saco roto entregou-o em mãos, deslocando-se a Pedrógão Grande para o efeito.

As pessoas poderão assim reorganizar-se e comprar os materiais com os quais trabalhavam diariamente.

Também vais gostar destes:
Homem morre queimado ao tentar atear fogo numa floresta!
O bombeiro que apagava fogos sentado no café!

Paulo Barros partilhou na rede social facebook o momento em que chegou à localidade de Pobrais. Vejam o vídeo:

FONTEPaulo Barros

Partilha