Neste dia Portugal vê morrer mais uma figura que para sempre ficará marcada na história do nosso país: Mário Soares.

Mário Alberto Nobre Lopes Soares mais conhecido como Presidente Mário Soares é um dos maiores nomes da política portuguesa, de personalidade forte, nunca virou costas ao país que tanto amou e mesmo longe sempre lutou por aquilo em que acreditava profundamente, mesmo não sendo do agrado de todos.

Dedicou toda a sua vida à política tendo sido preso 12 vezes (onde casou com Maria Barroso), antes de ser deportado para a ilha de São Tomé e mais tarde para França onde continuou a lutar por Portugal.

Quando regressou a Portugal, em 1974,  assumiu o cargo de ministro dos negócios estrangeiros.

Mário Soares foi também um dos principais fundadores de um dos maiores partidos com representação na assembleia da República o Partido Socialista (PS) que dirigiu e levou ao poder em 1975. Foi também pelas mãos de Mário Soares que Portugal iniciou o processo de adesão à Comunidade Económica Europeia (CEE), vindo a subscrever, como primeiro-ministro, o Tratado de Adesão, em 12 de Julho de 1985.

Nos últimos anos Mário Soares foi tendo intervenções publicas, principalmente manifestando-se contra as politicas seguidas pelo governo de Pedro Passos Coelho, numa altura em que a TROIKA chegou a Portugal.

Com a morte da esposa, em 2015, Mário Soares afastou-se completamente da vida pública e a sua saúde foi-se degradando a olhos vistos culminando com a sua morte neste dia.

Também vais gostar destes:
A verdade da política Europeia é esta: eles vivem de mordomias e luxos! Um verdadeiro choque!
Cuba oferece a primeira vacina grátis contra o cancro do pulmão.

Para sempre ficará na memória de todos os portugueses um dos slogans da última campanha para a eleição presidencial “SOARES É FIXE” ou a famosa alcunha de “bolacha Maria”.

Mário Soares até sempre e descanse em paz!

Loading...