Entre alguns hábitos adotados, chama atenção o de não comer açúcar há 28 anos. A australiana Carolyn Hartz está assim a impressionar os internautas do mundo todo. Isso porque ela tem 70 anos com o corpo e rosto completamente conservados.

Mãe de três filhos, Carolyn contou em entrevista ao Daily Mail australiano que o início do processo de abstinência do ingrediente foi difícil. Mas ela precisou fazer a mudança no cardápio após o diagnóstico de pré-diabetes aos 41 anos.

Substituição do açúcar

O processo ela explica no seu livro de receitas sem açúcar, o ‘Sugar Free Baking’. No lugar da guloseima, ela aposta no xilitol para preparar doces.

Trata-se de um adoçante natural, com baixas calorias, mas sabor semelhante ao açúcar. Ele não estimula a libertação de insulina e por isso tem baixo índice glicémico e pode ser aliado de quem está a restringir calorias.

Para manter o hábito de não comer açúcar, ela consome proteína em todas as refeições, especialmente no almoço, pois acredita que assim os desejos por doce diminuem.

Boa forma aos 70 anos

Carolyn gosta de praticar exercícios ao ar livre, como caminhar no parque todos os dias com o seu cão, por 30 minutos, praticar ioga três vezes por semana e jogar ténis.

A australiana também acredita que a sua boa forma se deve por mais razões, como dormir pelo menos oito horas por noite, hábito que adota há muitos anos.

No quesito beleza, desde os 17 ela não dorme sem remover a maquilhagem do rosto, além de apostar em hidratantes na região dos olhos e pescoço.

Também uso protetor solar todos os dias antes da maquiagem, e nunca passo horas em baixo do sol“, disse Carolyn, que já teve um câncer no nariz aos 30 anos, ao Daily Mail.

Também vais gostar destes:
Idosa aufere cerca de 9, 20 euros e é obrigada a abrir conta no banco para poder receber.
Esta idosa com problemas de flatulência desabafa com o seu médico; HILARIANTE.

Meditação e gratidão fazem parte da sua rotina logo pela manhã. “Eu sou muito mais calma e intuitiva depois de começar a meditar, aos 65 anos. Por isso, nunca é tarde demais“, falou.

FONTEVix

Partilha